Governo autoriza reajuste de até 4,88% no preço de medicamentos

 Governo autoriza reajuste de até 4,88% no preço de medicamentos

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) autorizou o reajuste anual de até 4,88% sobre os preços dos remédios, apesar da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

A decisão foi tomada em reunião extraordinária do comitê técnico-executivo da CMED, realizada na última sexta-feira (12/3), e publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (15/3).

A CMED é o órgão responsável pela regulação econômica do mercado de medicamentos no Brasil, e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exerce o papel de secretaria-executiva.

A câmara estabelece limites para preços de medicamentos no país. Logo, farmácias, drogarias, laboratórios, distribuidores e importadores não podem cobrar pelos medicamentos preço acima do permitido.

Em março do ano passado, com o estopim da pandemia, o governo federal anunciou o adiamento por 60 dias do reajuste anual. Após dois meses, a CMED autorizou o aumento dos preços dos remédios em até 5,21%.

 

Informações do Portal Metrópoles

Outras notícias

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com